Como descobrir se o compressor do ar-condicionado está com problemas

O compressor é uma das peças fundamentais do ar-condicionado. E como ele fica localizado na parte externa do ambiente, dentro da condensadora, é mais difícil para o usuário identificar quando os problemas começam a aparecer.

O compressor estragado faz com que a evaporadora comece a liberar ar quente ao invés de ar frio, o ar-condicionado para de gelar, as contas de energia elétrica aumentam, entre outras coisas. Então o cliente liga e diz “meu ar-condicionado está com problemas”.

E muita gente acha que, quando o ar-condicionado para de funcionar, é por falta de gás. Bom, na maior parte das vezes, até é mesmo. Porém a falta de gás, ou mesmo o excesso, podem resultar em problemas maiores no compressor, se não forem resolvidos imediatamente. Por isso, apenas repor o gás não adianta.

Como saber se o problema é no compressor

Principalmente se você é iniciante no setor, quando vai até um cliente que solicitou assistência técnica, é comum surgirem algumas dúvidas referente a origem do problema no ar-condicionado. Mesmo que a primeira impressão seja de que o problema é no compressor, antes é preciso realizar alguns procedimentos.

Para isso é necessário verificar a capacitância. Ela não pode estar abaixo do nominal. Além disso, é preciso realizar testes básicos para descobrir a tensão e a corrente. E os equipamentos utilizados para esses testes são um multímetro ou um alicate de amperímetro.

Se você detectar que a capacitância está ok, a tensão estiver menor do que o padrão do local e a corrente maior que a nominal, então o problema é mesmo no compressor do equipamento de ar condicionado.

O compressor está com alguma falha se o cliente relatar algum desses problemas

– Sua conta de luz aumentou muito;

– O ar-condicionado parou de gelar o ambiente;

– O ar começou a sair quente da evaporadora ao invés de frio;

– A condensadora começou a fazer mais barulho do que o habitual.